Degradação e produção de gases in vitro de capim brachiaria com níveis de coprodutos do biodiesel

Juliana Marques Freire, Aderbal Marcos de Azevedo Silva, Heloisa Carneiro, José Morais Pereira Filho, Leilson Bezerra Rocha, Denise Cristiane Bidler

Resumo


Objetivou-se avaliar a degradabilidade e produção de gás in vitro em dietas com coprodutos produzidos pela indústria nacional do biodiesel (mamona, canola, nabo forrageiro e girassol preto) em substituição ao capim brachiaria em quatro níveis (0, 30, 50 e 70%). O inóculo para incubação in vitro foi obtido de três vacas da raça Holandesa com fistulas ruminais. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em um arranjo fatorial 4 x 4 , com os fatores representados pelos quatro coprodutos e os quatro níveis. Todos os coprodutos estudados apresentaram significativo efeito sobre a digestibilidade in vitro (p < 0,05). O coproduto da mamona promoveu a menor produção cumulativa de gases no final de 48h de incubação. Com relação à digestibilidade, os coprodutos da canola e do nabo forrageiro em nível de 70% não prejudicou a degradabilidade da MS.

Palavras-chave


digestibilidade; fermentação ruminal; proteína

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Acta Scientiarum. Animal Sciences
 
Avenida Colombo, 5790
CEP 87020-900 - Maringá - PR
Tel: (+55 44) 3011-4253
Fax: (+55 44) 3011-4253
 
actaanim@uem.br
http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci