Qualidade do queijo e do leite de vacas F1 Holandês x Zebu alimentadas com níveis de casca de banana

Marco Túlio Parrela de Melo, Vicente Ribeiro Rocha Júnior, Luciana Albuquerque Caldeira, Paulo Roberto Silveira Pimentel, Sidnei Tavares dos Reis, Diego Lucas Soares de Jesus

Resumo


Objetivou-se avaliar os efeitos dos níveis de inclusão da casca de banana seca ao sol na dieta de vacas mestiças sobre a qualidade do queijo Minas frescal e do leite. As dietas foram constituídas de 0, 15, 30, 45 e 60% de substituição da silagem de sorgo pela casca de banana. Foram utilizadas 10 vacas em um delineamento experimental com dois quadrados latinos 5 x 5. Amostras de leite de cada vaca foram analisadas quanto à composição. O leite foi pasteurizado para fabricação do queijo Minas Frescal, que foi pesado para determinação do rendimento e analisado para textura, características físico-químicas e teste de aceitação geral pelo consumidor. O nitrogênio uréico do leite apresentou efeito quadrático com ponto de mínimo ao nível de 43,76% de substituição da silagem pela casca de banana. Os demais itens avaliados na composição do leite e do queijo, bem como os testes de aceitação geral pelo consumidor, não sofreram influência das dietas com inclusão de casca de banana. A substituição de até 60% da silagem de sorgo por casca de banana pode ser uma alternativa viável, pois não altera a composição físico-química do leite e do queijo Minas Frescal, bem como aceitação deste pelos consumidores.

Palavras-chave


bananicultura; processamento do leite; subprodutos

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Acta Scientiarum. Animal Sciences
 
Avenida Colombo, 5790
CEP 87020-900 - Maringá - PR
Tel: (+55 44) 3011-4253
Fax: (+55 44) 3011-4253
 
actaanim@uem.br
http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci