Métodos de estimativa da composição corporal de caprinos em crescimento

Kleber Tomas Resende, Marcia Helena Machado da Rocha Fernandes, Fernanda Hentz, Izabelle Auxiliadora Molina de Almeida Teixeira, José Américo Garcia

Resumo


O objetivo deste estudo foi comparar métodos para estimar a composição corporal de caprinos, baseando-se em água tritiada (AT) e gravidade específica (GE) da carcaça e da 9 à 11ª costela. Dez cabritos Toggenburg x Alpine machos não castrados, de 5,3 ± 0,4 para 25,9 ± 1,3 kg de peso corporal (PC), foram utilizados para estimar a composição corporal por: 1) método direto; 2) espaço de AT; 3) GE da carcaça e 4) GE da 9 à 11ª costela. Além disso, equações lineares para predizer a composição corporal foram desenvolvidas, usando dados do método direto. O espaço AT superestimou a composição corporal em água em 31%, em média. A GE da carcaça e a da 9 à 11ª costela subestimaram a composição corporal percentual de água (%), em média, em 21 e 12%, respectivamente. Apesar da sua superestimativa, a determinação do espaço AT pode ser usado como uma técnica de campo viável para estudar alterações relativas na composição corporal de caprinos em crescimento. O uso da GE é possível na maioria das circunstâncias e não requer equipamentos caros. No entanto, a GE da carcaça e a da 9 à 11ª costela ainda não possuem uma equação de predição válida para estimar adequadamente a composição corporal de caprinos em crescimento.

Palavras-chave


método direto; determinação in vivo; gravidade específica; água tritiada

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Acta Scientiarum. Animal Sciences
 
Avenida Colombo, 5790
CEP 87020-900 - Maringá - PR
Tel: (+55 44) 3011-4253
Fax: (+55 44) 3011-4253
 
actaanim@uem.br
http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci