Atividade antibacteriana de diferentes tipos de veneno de serpentes da família Viperidae contra Staphylococcus aureus

Isabela Nascimento Canhas, Luiz Guilherme Dias Heneine, Thaís Fraga, Débora Cristina Sampaio de Assis, Márcia Helena Borges, Edmar Chartone-Souza, Andréa Maria Amaral Nascimento

Resumo


Toxinas e venenos exibem uma variedade de atividades biológicas contra micro-organismos. Neste estudo, investigou-se a atividade de sete venenos de serpentes, da família Viperidae, sobre o crescimento de Staphylococcus aureus, na reversão fenotípica da resistência a antibióticos e inibição de formação de biofilme contra 22 isolados clínicos de S. aureus. O veneno de Bothrops moojeni apresentou a menor média de concentração inibitória mínima (CIM). Além disso, observou-se reversão da resistência a antibióticos para combinações do veneno de B. moojeni (½ x CIM) e norfloxacina ou ampicilina (ambos ½ x CIM) para 86,4% e 50% dos isolados, respectivamente. O veneno de B. moojeni na concentração de ½ CIM inibiu 90% de formação de biofilme, enquanto ele em combinação com ciprofloxacina, ambos na concentração de ½ CIM, diminuiu a atividade da bomba de efluxo NorA. A detecção in vitro de colônias mutantes de S. aureus resistente ao veneno de B. moojeni foi baixa e eles não sobreviveram. Uma fosfolipase A2 purificada a partir do veneno de B. moojeni exibiu atividade antibacteriana quando testada sozinha ou em combinação com ciprofloxacina. Os dados obtidos poderão contribuir para a pesquisa de novos agentes antimicrobianos contra S. aureus.

Palavras-chave


bothrops moojeni; bactéria; resistência; antibiótico; bomba de efluxo nora; biofilme

Texto completo:

PDF (English) HTML (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Acta Scientiarum. Biological Sciences
 
Avenida Colombo, 5790
CEP 87020-900 - Maringá - PR
Tel: (+55 44) 3011-4253
Fax: (+55 44) 3011-4253
 
actabiol@uem.br
http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/