Amblyomma aureolatum (Pallas, 1772) (Acari: Ixodidae) parasitando gato-maracajá (Leopardus wiedii) (Schinz, 1821), em Uruguaiana, Rio Grande do Sul, Brasil

Diego Moscarelli Pinto, Cintia Lidiane Guidotti Aguiar, Pablo Villarreal Villarreal, Marcelo Becker, Nicolas Conter Tavares, Natália Soares Martins

Resumo


Carrapatos podem ser parasitos de animais selvagens, afetando diversas espécies. O presente trabalho relata a presença de Amblyomma aureolatum parasitando o gato-maracajá (Leopardus wiedii) na região de Uruguaiana, esse é o primeiro relato da presença desta espécie de ixodídeo nesta cidade (29° 45' 18" S 57° 05' 16" W), situada na região oeste do estado do Rio Grande do Sul, Brasil, indicando que diversos hospedeiros silvestres podem ser acometidos pelo parasito.

Palavras-chave


carrapato; animais selvagens; ixodidae

Texto completo:

PDF (English) HTML (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Acta Scientiarum. Biological Sciences
 
Avenida Colombo, 5790
CEP 87020-900 - Maringá - PR
Tel: (+55 44) 3011-4253
Fax: (+55 44) 3011-4253
 
actabiol@uem.br
http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/