Seletividade de herbicidas em mudas pré-brotadas de cana-de-açúcar

José Luiz Carvalho de Souza Dias, Antonio Carlos da Silva Junior, Juliana Roberta Gobi Queiroz, Dagoberto Martins

Resumo


Os herbicidas devem apresentar seletividade às culturas agrícolas, ou seja, controlar as plantas daninhas sem comprometer o desenvolvimento nem a produtividade da cultura. O objetivo deste trabalho foi avaliar a seletividade de herbicidas aplicados em pré-plantio de três cultivares de cana-de-açúcar plantados pelo sistema de mudas pré-brotadas (MPB). O experimento foi desenvolvido na Usina São Martinho, próximo ao município de Pradópolis (SP), sob condições naturais de clima, no período de setembro a novembro de 2013. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os tratamentos foram distribuídos em esquema fatorial (3 × 8), sendo o fator A composto de três cultivares: CTC14, CTC7 e RB966928; e o fator B por sete herbicidas (em g.ha-1): S-metolachlor (2,640); clomazone (1,000); sulfentrazone (800); diclosulam (200); metribuzin (1,920); diuron + hexazinone (1,170 + 330); S-metolachlor + sulfentrazone (2,640 + 800); mais uma testemunha sem aplicação de herbicidas. Foram avaliados os sintomas visuais de fitointoxicação aos 14, 28, 35, 42, 49, 56 e 63 dias após aplicação (DAA), a altura e o número de perfilhos dos cultivares aos 14, 35, 49 e 63 DAA, a massa seca da parte aérea (DWS) e a massa seca do sistema radicular (MSSR) aos 63 DAA. Nas condições em que o experimento foi conduzido, os herbicidas S-metolachlor, clomazone, metribuzin, diuron + hexazinone e S-metolachlor + sulfentrazone foram seletivos às mudas pré-brotadas de cana-de-açúcar. O herbicida diclosulam foi o menos seletivo, seguido do sulfentrazone. O cultivar CTC14 apresentou-se visualmente menos tolerante aos herbicidas diclosulam e sulfentrazone.


Palavras-chave


controle químico; fitointoxicação; Saccharum spp.; pré-plantio

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1808-1657000112015

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Arquivos do Instituto Biológico
 
Governo do Estado de São Paulo
Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA)
Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, 1252
CEP 04014-900 - São Paulo - SP
Tel (+55 11) 5087-1701