Capacidade combinatória de capim elefante com base em caracteres bromatológicos

Vanessa Quitete Ribeiro da Silva, Rogério Figueiredo Daher, Geraldo de Amaral Gravina, Francisco José da Silva Lêdo, Flávio Dessaune Tardin, Max Campos de Souza

Resumo


Objetivou-se estimar os efeitos da capacidade geral de combinação (CGC) dos genitores e capacidade específica de combinação (CEC) dos híbridos de capim elefante por meio de análise dialélica adaptada a dialelos parciais, com base em caracteres bromatológicos. Foram avaliados 16 combinações híbridas e oito genitores no delineamento experimental de blocos casualizados com três repetições. No estudo foram consideradas as percentagens de matéria seca (%MS), cinzas (%CIN), proteína bruta (%PB) e fibra em detergente neutro (FDN). Concluiu-se que houve diferença significativa entre os genótipos para as características avaliadas, com predominância de efeito gênico de dominância. Com base na CGC, os melhores genitores foram Taiwan A-144, Vruckwona Africana e Taiwan A-146. Os melhores cruzamentos, com base na CEC foram Taiwan A-144 x Taiwan A-146, Vruckwona Africana x Taiwan A-146, Vruckwona Africana x Mercker S.E.A., Vruckwona Africana x Napier nº2 e Pusa Napier nº2 x Mercker Santa Rita.

Palavras-chave


biomassa; dialelo; fibra em detergente neutro; híbrido; Pennisetum; proteína bruta

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.17523/bia.v71n3p241

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2014 Boletim de Indústria Animal




Boletim de Indústria Animal
 
Instituto de Zootecnia
Rua Heitor Penteado, 56 - Centro
CEP: 13460-000 - Nova Odessa - Brasil - SP
Tel: (+55 19) 3476-9809
 
 
editor@iz.sp.gov.br
 
Licença Creative Commons
Os trabalhos publicados no Boletim de Indústria Animal está licenciado com uma Licença 
Creative Commons