Produção de soja e de forragem em sistemas de integração agricultura e pecuária

L. M. Barbero, U. Cecato, F. R. Sichieri, K. C. Basso, M. S. Igarasi

Resumo


O trabalho teve como objetivo determinar a produção de forragem de gramíneas tropicais e de inverno, e produção de grãos de soja em um sistema de integração agricultura e pecuária. Utilizou-se os seguintes tratamentos: T1: Sobressemeadura de Milheto + Semeadura de Aveia FMS-1; T2: Sobressemeadura de Milheto + Semeadura direta de Aveia IPR-126; T3: Sobressemeadura de Milheto + Semeadura direta de Aveia IPR-61; T4: Sobressemeadura de Tanzânia (Panicum maximum) + Sobressemeadura Brachiaria ruziziensis; T5: Plantio direto de Sorgo + Brachiaria ruziziensis. As unidades experimentais foram pastos de 1,5 ha distribuídos em
delineamento inteiramente casualizado com duas repetições. As variáveis mensuradas foram: produção de forragem, massa de forragem, produção de soja, resíduo de forragem no plantio direto. Em todos os cortes a massa de forragem foi superior nos piquetes com Brachiaria ruziziensis, comparados aos demais, especialmente a Brachiaria ruziziensis em consorcio com Capim Tanzânia. A maior massa de forragem foi consequência de uma maior produção de forragem apresentadas nestes piquetes. Este resultado mostra que o uso de gramíneas tropicais para pastejo no inverno pode ser uma alternativa em relação às gramíneas de inverno. Entretanto, com relação à produção de grãos de soja, não houve diferença significativa na comparação entre as estratégias utilizadas. Porém, a longo prazo, a maior deposição de matéria orgânica no solo advinda da maior massa de forragem, pode contribuir com incrementos em produtividade. Diante do exposto, a consorciação de Capim Tanzânia com Brachiaria ruziziensis em sistemas de integração agricultura e pecuária mostra-se uma alternativa que proporciona alta produtividade de grãos e forragem.

Palavras-chave


forragicultura; gramíneas de inverno; gramíneas de verão; sistemas integrados.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVARENGA, R.C.; NOCE, M.A. Integração lavoura e pecuária. Sete Lagoas, MG: Embrapa Milho e Sorgo, 2005. 16p. (Documentos, 47).

ANDREOLA, F.; COSTA, L.M.; OLSZEVSKI N.; JUCKSCH I. A cobertura vegetal de inverno e a adubação orgânica e, ou mineral influenciando a sucessão feijão/milho. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.24, p.867-874, 2000. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832000000400018

ANGHINONI, I.; CARVALHO, P.C.F.; MORAES, A.; SOUZA, E.D.; CONTE, O.; LANG, C.R. Benefícios da integração lavoura pecuária sobre a fertilidade do solo em sistema plantio direto. In: FONSECA, A., F.; CAIRES, E., F.; BARTH, G. (eds.) Fertilidade do solo e nutrição de plantas no sistema plantio direto. Ponta Grossa: AEAGPG, 2011, p. 1-31.

CAMPBELL, A.G. Grazed pasture parameters. I. Pasture dry-matter production and availability in a stocking rate and grazing management experiment with dairy cows. Journal Agriculture Science, v. 67, p. 199–210, 1966. https://doi.org/10.1017/S0021859600068283

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisas de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2. ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA-SPI, 2009. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2009. 412p.

ENTZ, M. H.; BARON, V.S.; CARR, P.M.; MEYER, D.W.; SMITH, S.R.; McCAUGHEY, W.P. Potential of forages to diversify cropping systems in the Northern Great Plains. Agronomy Journal, v. 94, p. 240-250, 2002. https://doi.org/10.2134/agronj2002.0240

FEHR, W.R.; CAVINESS, C.E. Stages of soybean development. Ames: State University of Science and Technology, 1977. 11 p. (Special report, 80).

FLORES, R.S.; EUCLIDES, V.P.B.; ABRÃO, P.C.; GALBEIRO, S.; DIFANTE, G.S.; BARBOSA, R.A. Desempenho animal, produção de forragem e características estruturais dos capins marandue xaraés submetidos a intensidades de pastejo. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 37, n. 8, p.1355-1365, 2008. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982008000800004

GARDNER, A. L. Técnicas de pesquisa em pastagens e aplicabilidade de resultados em sistemas de produção. Brasília: IICA, 1986. 197 p.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Levantamento sistemático da produção agrícola – março 2014. Rio de Janeiro v.27, n.3 p.1-84 março, 2014. Disponível em: ftp://ftp.ibge.gov.br/Producao_Agricola/Levantamento_Sistematico_da_Producao_Agricola_[mensal]/Fasciculo/2014/lspa_201403.pdf Acessado em 20/05/2014.

LOPES, M.L.T.; CARVALHO, P.C.de F.; ANGHINONI, I.; SANTOS, D.T. dos; AGUINAGA, A.A.Q.; FLORES, J.P.C.; MORAES, A. Sistema de integração lavoura pecuária: efeito do manejo da altura em pastagem de aveia preta e azevém anual sobre o rendimento da cultura da soja. Ciência Rural, v. 39, p.1499-1506, 2009. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782009005000096

MACEDO, M.C.M. Integração lavoura e pecuária: o estado da arte e inovações tecnológicas. Revista Brasileira de Zootecnia, v.38, p.133-146, 2009. https://doi.org/10.1590/s151635982009001300015

NICOLOSO, R. da S.; LANZANOVO, M.E.; LOVATO, T. Manejo das pastagens de inverno e potencial produtivo de sistemas de integração lavoura–pecuária no Estado do Rio Grande do Sul. Ciência Rural, v.36, n.6, p1799-1805, 2006. https://doi.org/10.1590/s0103-84782006000600020

OLIVEIRA, F.H.T.; NOVAIS, R.F.; ALVAREZ V., V.H.; CANTARUTTI, R.B., BARROS, N.F. Fertilidade do solo no sistema plantio direto. Tópicos em ciência do solo, v.2, p.434-464, 2002.

PARIZ, C.M.; ANDREOTTI, M.; AZENHA, M.V.; BERGAMASCHINE, A.F.; MELLO, L.M.M.; LIMA, R.C. Produtividade de grãos de milho e massa seca de braquiárias em consórcio no sistema de integração lavoura-pecuária. Ciência Rural, v. 41, p. 875-882, 2011. https://doi.org/10.1590/s0103-84782011000500023

PERES, R.M.; GUERRA, P.; REZENDE, G. Integração Lavoura-Pecuária. In: ENCONTRO TÉCNICO SOBRE LEGUMINOSAS, v. 2, 2008, Anais... Nova Odessa: Instituto de Zootecnia, 2008.

REGANOLD, J.P.; JACKSON-SMITH, D.; BATIE, S. S.; HARWOOD, R. R.; KORNEGAY, J. L.; BUCKS, D.; FLORA, C. B.; HANSON, J. C.; JURY, W. A.; MEYER, D.; SCHUMACHER JUNIOR, A.; SEHMSDORF, H.; SHENNAN, C.; THRUPP, L. A.; WILIS, P. Transforming U.S. agriculture. Science, v.332, n.6030, p.670-671, 2011. https://doi.org/10.1126/science.1202462

SÁ, J.P.G.; CAVIGLIONE, J.H. Arenito Caiuá: capacidade de lotação das pastagens. Londrina: Instituto Agronômico do Paraná, 1999. 15p.

PARANÁ. Secretaria de Estado de Agricultura e do Abastecimento - SEAB. Departamento de Economia Rural – Deral. Número de cabeças abatidas e produção de carne por região administrativa da SEAB, 2008 a 2012. Disponível em http://www.agricultura.pr.gov.br/arquivos/File/deral/Tab_prod_corte_.pdf. Acessado em20/05/2014.

VILELA, L. MARTHA JR., G.B.; BARIONI, L.G.; BARCELLOS, A.O. Adubação na recuperação e na intensificação da produção animal em pastagens. In: SIMPÓSIO SOBRE MANEJO DE PASTAGEM, 21, 2004, Piracicaba. Anais... Piracicaba: USP/ESALQ, 2004. p.425-472.




DOI: http://dx.doi.org/10.17523/bia.v74n3p229

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Boletim de Indústria Animal

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Boletim de Indústria Animal
 
Instituto de Zootecnia
Rua Heitor Penteado, 56 - Centro
CEP: 13460-000 - Nova Odessa - Brasil - SP
Tel: (+55 19) 3476-9809
 
 
editor@iz.sp.gov.br
 
Licença Creative Commons
Os trabalhos publicados no Boletim de Indústria Animal está licenciado com uma Licença 
Creative Commons