Seleção e características produtivas de borregas corriedale notipicamente resistentes a nematoides gastrointestinais

F. Amarilho-Silveira, J. F. Motta, N. J. L. Dionello

Resumo


A busca por ovinos resistentes à ação dos nematoides é uma tendência dentro dos sistemas produtivos, porém deve-se levar em consideração a produtividade, pois de nada vale a seleção de animais resistentes à ação parasitária, se não atingirem os parâmetros produtivos que o mercado exige. Assim, o trabalho foi desenvolvido com o objetivo de quantificar as características produtivas, relacionando-as à resistência fenotípica a nematoides gastrointestinais. O experimento foi conduzido no município de Herval, RS, de janeiro a agosto do ano de 2014. Foram utilizadas 30 borregas da raça Corriedale, monitoradas mensalmente do desmame (cinco meses) até aos 12 meses de idade, e realizadas as avaliações produtivas. Após término das avaliações foram formados três grupos, a saber: com resistência precoce (RP), com resistência tardia (RT) e não resistentes (RN). Não foi encontrada diferença significativa para nenhuma das características produtivas. Assim, pode-se sugerir que a seleção de animais com traços de resistência não causaria prejuízo à produtividade média do rebanho, pois as medidas corporais não apontaram nenhum índice que ateste improdutividade, e 70% das borregas apresentaram a característica que ostenta maior importância monetária à lã. Neste sentido, animais de diferentes fenótipos para resistência a nematoides gastrointestinais são igualmente produtivos.

Palavras-chave


índices produtivos; lã; OPG; ovino.

Texto completo:

PDF

Referências


ADOT, O.G. Introducción a la Industrialización de la Lana y las Fibras Especiales. Red SUPPRAD - Universidad Católica de Córdoba, v. 2, p. 1-53, 2010.

AMARANTE, A.F.T.; BRICARELLO, P.A.; ROCHA, R.A.; GENNARI, S.M. Resistance of Santa Ines, Suffolk and Ile de France lambs to naturally acquired gastrointestinal nematode infections. Veterinary Parasitology, v. 120, p.91-106, 2004. https://doi.org/10.1016/j.vetpar.2003.12.004

AMARANTE, A.F.T. Resistência genética a helmintos gastrintestinais. In: SIMPÓSIO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MELHORAMENTO ANIMAL, 5, 2004, Pirassununga. Anais... São Paulo: SBMA, 2004.

AMARILHO-SILVEIRA, F.; BRONDANI, W.C.; LEMES, J.S. Lã: Características e fatores de produção.

Archivos de Zootecnia, v. 64, p. 13-24, 2015a. http://dx.doi.org/10.21071/az.v64i247.502

AMARILHO-SILVEIRA, F.; BRONDANI, W. C.; MOTTA, J. F.; FERREIRA, O. G. L.; LEMES, J. S. Resistência Ovina Frente a Nematoides Gastrointestinais. Archivos de Zootecnia, v. 64, n. R , p. 1-12, 2015b. http://dx.doi.org/10.21071/az.v64i247.501

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CRIADORES DE OVINOS - ARCO. Padrões Raciais: Corriedale. 2016.

Disponível em: . Acesso em

/03/2016.

ASSENZA, F.; ELSEN, J-M.; LEGARRA, A.; CARRÉ, C.; SALLÉ, G.; ROBERT-GRANIÉ, C.; MORENO, C. R. Genetic parameters for growth and faecal worm egg count following Haemonchus contortus experimental infestations using pedigree and molecular information. Genetics Selection Evolution, v. 46, p. 1-9, 2014. . Acessado em 31/03/2016. https://doi.org/10.1186/1297-9686-46-13

BALIC, A.; BOWLES, V. M.; MEEUSEN, E. N. T. The immunobiology of gastrointestinal nematode infections in ruminants. Advances in Parasitology, v. 45, p. 181-241, 2000. https://doi.org/10.1016/s0065-308x(00)45005-0

BENAVIDES, M. V. Prós e contras da resistência genética dos ovinos aos helmintos gastrintestinais. Bagé: EMBRAPA, 2008. p. 1-33. (Documentos, 79)

BENAVIDES, M. V. Marcadores moleculares para resistência. In: CAVALCANTE, A. C. R.; VIEIRA, L. S.; CHAGAS, A. C. S.; MOLENTO, M. B. (Eds). Doenças parasitárias de caprinos e ovinos: epidemiologia e controle. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2009. p. 508-548, 2009.

BENAVIDES, M. V.; SOUZA, C. J. H.; MORAES, J. C. F.; BERNE, M. E. A.; LEDUR, M. C. Resistência a parasitos gastrintestinais de ovinos Merino Australiano no RS e suas correlações com características produtivas. In: SIMPÓSIO IBEROAMERICANO SOBRE CONSERVACIÓN Y UTILIZACIÓN DE RECURSOS ZOOGENÉTICOS, 11, 2010, João Pessoa. Anais… Paraiba: Editora da UFPB: Instituto Nacional do Semiárido, 2010.

BISHOP, S. C.; JACKSON, F.; COOP, R. L.; STEAR, M. J. Genetic parameters for resistance to nematode infections in Texel lambs and their utility in breedings programmes. Animal Science, v. 781, p. 85-194, 2004. https://doi.org/10.1017/S1357729800053972.

BRONDANI, W. C.; LEMES, J. S.; GONÇALVES, M. S.; COELHO, A. T.; SILVEIRA, R. F.; SILVEIRA, F. A.; SALABERRY, R. G.; FERREIRA, O. G. L. Correlação entre pesos e medidas corporais em cordeiros da raça Texel. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA, 23, 2013, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu, 2013.

BUZZULINI, C.; SILVA SOBRINHO, A. G.; COSTA, A. J.; COSTA, A. J.; SANTOS, T. R.; BORGES, F. A.; SOARES, V. E. Eficácia anti-helmíntica comparativa da associação albendazole, levamisole e ivermectina à moxidectina em ovinos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 42, n. 6, p. 891-895, 2007. https://doi.org/10.1590/s0100-204x2007000600017

CASTELLS, D. M. Evaluación de Resistencia Genética de Ovinos Corriedale a Los Nematodos Gastrointestinales en Uruguay: Heredabilidad y Correlaciones Genéticas Entre el Recuento de Huevos de Nematodos e Características Productivas. 2008. 54f. Tesis - Maestría en Producción animal. Universidad de la República, Facultad de Veterinaria, Programa de Posgrado, Uruguay, 2008.

CEZAR, M. F.; SOUZA, W. H. Avaliação e Utilização da Condição Corporal como Ferramenta de Melhoria da Reprodução e Produção de Ovinos e Caprinos de Corte. In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 43, 2006, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBZ, 2006.

CIAPPESONI, G.; MEDEROS, A.; DE BARBIERI, I.; RODRIGUEZ, A.; KELLY, L.; NICOLINI, P.; GOLDBERG, V.; MONTOSSI, F. Resistencia genética a parásitos gastrointestinales en ovinos: el enfoque del INIA. Agrociência, v. 13, n. 3, p. 1-83, 2009.

CIAPPESONI, G. Presentación: Resistencia Genética a Parásitos Gastrointestinales en Ovinos. In: SEMINARIO DE ACTUALIZACIÓN TÉCNICA: MÉTODOS NO-QUÍMICOS PARA EL CONTROL DE PARÁSITOS GASTROINTESTINALES EN OVINOS Y BOVINOS. Uruguay: INIA Tacuarembó, 2011.

COSTA, V. M. M.; SIMÕES, S. V. D.; RIET-CORREA, F. Controle das parasitoses gastrintestinais em ovinos e caprinos na região semiárida do Nordeste do Brasil. Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 31, 2011. https://doi.org/10.1590/s0100-736x2011000100010

CRINGOLI, G.; RINALDI, L.; VENEZIANO, V.; CAPELLI, G.; SCALA, A. The influence of flotation solution, sample dilution and the choice of McMaster slide area (volume) on the reliability of the McMastertechnique in estimating the faecal egg counts of gastrointestinal strongyles and Dicrocoelium dendriticum in sheep. Veterinary Parasitology, v. 123, p. 121-131, 2004. https://doi.org/10.1016/j.vetpar.2004.05.021

EADY, S. J.; WOOLASTON, R. R.; POZZONI, R. W.; LEWER, R. P.; RAADSMA, H. W.; SWAN, A. A. Resistance to nematode parasites in Merino sheep: correlation with production traits. Australian Journal of Agricultural Research, v. 49, n. 8, p. 1201-1212, 1998. https://doi.org/10.1071/a98069

FAUL, F.; ERDFELDER, E.; LANG, A.-G.; BUCHNER, A. G*Power 3: A flexible statistical power analysis program for the social, behavioral, and biomedical sciences. Behavior Research Methods, v. 39, p. 175-191, 2007. https://doi.org/10.3758/bf03193146

FERNANDES, S. R. Perfis bioquímicos, hematológicos e características de carcaça de cordeiros em diferentes sistemas de terminação. 2010. 59p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias), Departamento de Zootecnia, Setor de Ciências Agrárias Universidade Federal do Paraná, 2010.

GOLDBERG, V.; CIAPPESONI, G.; BARBIERI, I.; RODRÍGUEZ, A. E MONTOSSI, F. Factores no Genéticos que Afectan la Resistencia a Parásitos Gastrointestinales en Merino en Uruguay. Producción Ovina, v. 21, p. 1-11, 2011.

GORDON, H. McL.; WHITLOCK, H. V. 1939. A new technique for counting nematode eggs in sheep faeces. Journal of the Council for Scientific and Industrial Research, v. 12, p. 1-50, 1939.

INTERACTIVE WOOL GROUP - IWG. Disponível em: Acessado em: 17 out 2014.

INTERNATIONAL WOOL TEXTILE ORGANIZATION - IWTO. Disponível em: . Acessado em: 06 mar 2015.

KEMPER, K. E.; PALMER, D. G.; LIU, S. M.; GREEFF, J. C.; BISHOP, S. C.; KARLSSON, L. J. E. Reduction of faecal worm egg count, worm numbers and worm fecundity in sheep selected for worm resistance following artificial infection with Teladorsagia circumcincta and Trichostrongylus colubriformis. Veterinary Parasitology, v. 171, p. 238–246, 2010. https://doi.org/10.1016/j.vetpar.2010.04.005

NEIMAUR, K.; SIENRA, I.; KREMER, R.; SÁNCHEZ, A. L.; URIOSTE, J. I. Diámetro de la lana y su variabilidad en Corriedale. 1. Asociación fenotípica con características de la lana de medición objetiva. In: CONGRESO DE LA ASOCIACION URUGUAYA DE PRODUCCION ANIMAL (AUPA), 5, 2014, Montevideo. Archivos Latinoamericanos de Producción Animal, v. 23, 2015.

McCLURE, S. J. Sheep immunity to gastrointestinal nematode parasites: review 2000. Armidale, Australia: CSIRO, 2000. Disponível em: < http://www.csiro.au/proprietaryDocuments/McClure_

Review2000.pdf >. Acessado em: 30 jun 2016.

MORRIS, C. A., VLASSOFF, A., BISSET, S. A., BAKER, R. L., WATSON, H. T. G., WEST, C. J.; WHEELER, M. Continued selection of Romney sheep for resistance or susceptibility to nematode infection: estimates of direct and correlated responses. Animal Science, v. 70, p. 17-27, 2000. https://doi.org/10.1017/s1357729800051560

OLIVEIRA, N. M.; MORAES, J. C. F.; BORBA, M. F. S. Alternativas para incremento da produção ovina no sul do Brasil. Bagé: EMBRAPA CPPSUL ADTT, 1995. p. 1-91. (Documentos, v. 15).

OSÓRIO, J. C. S.; OSÓRIO, M. T. M.; FERNANDES, A. R. M.; VARGAS JUNIOR, F. M.; SENO, L. O. Técnicas de Avaliação In vivo, na Carcaça e na Carne. In: SELAIVE, A. B.; OSÓRIO, J. C. S. Produção de Ovinos no Brasil. São Paulo, SP: Rocca, 2014. p. 527-550.

PINTO DE ANDRADE, L.; RODRIGUES, A. M.; VARZEA RODRIGUES, J.; REBELO DE ANDRADE, C.; ESTEVES, M. L. Caracterização da qualidade da fibra lanar de um efectivo Merino Branco. In: JORNADAS “OVELHAS DE RAÇA MERINA”, 1999, Porto Alegre. Coletânea... Porto Alegre: Sociedade Portuguesa de Ovinotecnia e Caprinotecnia, 1999. p.1-8.

ROCHA, R. A.; AMARANTE, A. F. T.; BRICARELLO, P. A. Resistance of Santa Inês and Ile de France suckling lambs to gastrointestinal nematode infections. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, v. 14, p. 17-20, 2005. https://doi.org/10.1016/j.vetpar.2003.12.004

SALGADO, J. A. Sistemas de Produção se Cordeiros e Seu Efeito na Infecção por Helmintos Gastrintestinais. 2011. 66p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias), Departamento de Zootecnia, Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2011.

SCHICHOWSKI, C.; MOORS, E.; GAULY, M. Influence of weaning age and an experimental Haemonchus contortus infection on behaviour and growth rates of lambs. Applied Animal Behaviour Science, v.125, p. 103-108, 2010. https://doi.org/10.1016/j.applanim.2010.04.014

STEAR, M. J. Breeding for resistance to nematode infections. In: BISHOP, S. C.; AXFORD, R. F. E.; NICHOLAR, F. W.; OWENS, J. B. Breeding for Disease Resistance in Farm Animals. Oxfordshire, United Kingdom: C.A.B. International, 2010.

WILLIAMSON, J. F.; BLAIR, H. T.; GARRICK, D. J.; POMROY, W. E.; DOUCH, P. G. C.; GREEN, R. S.; SIMPSON, H. V. Parasitism and production in fleeceweight-selected and control sheep. New Zealand Journal of Agricultural Research, v. 38, p. 381-387, 1995. https://doi.org/10.1080/00288233.1995.95131




DOI: http://dx.doi.org/10.17523/bia.v74n3p246

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Boletim de Indústria Animal

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Boletim de Indústria Animal
 
Instituto de Zootecnia
Rua Heitor Penteado, 56 - Centro
CEP: 13460-000 - Nova Odessa - Brasil - SP
Tel: (+55 19) 3476-9809
 
 
editor@iz.sp.gov.br
 
Licença Creative Commons
Os trabalhos publicados no Boletim de Indústria Animal está licenciado com uma Licença 
Creative Commons