Eficiência produtiva de ovelhas com diferentes características conformacionais sob pastejo

Verônica Gindri Manzoni, Ricardo Zambarda Vaz, Otoniel Geter Lauz Ferreira, Olmar Antônio Denardin Costa, Fernando Amarilho Silveira

Resumo


Objetivou-se avaliar a eficiência produtiva de ovelhas Corriedale de diferentes condições e estruturas corporais ao parto, mantidas em pastagem natural e/ou cultivada hibernal. Ao parto, as fêmeas foram classificadas em médias (frame = 50 a 57,5 kg) e grandes (frame = 57,6 a 62 kg) quanto ao tamanho e em média (2 a 3 pontos) ou alta (3,5 a 4,5 pontos) quanto ao escore de condição corporal. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado em arranjo fatorial 2 x 2 (dois grupos de estruturas corporais x duas classes de escore de condição corporal). Ovelhas com frame médio foram mais leves em relação às grandes ao parto (39,97 vs 48,16 kg, respectivamente) e ao desmame (43,10 vs 50,22 kg, respectivamente). As eficiências produtivas ao parto e ao desmame não diferiram entre ovelhas médias (46,91 e 44,24 kg) e grandes (47,83 e 45,69 kg), respectivamente. Ovelhas com condição corporal média ao parto quando comparadas com ovelhas de condição corporal alta não apresentaram diferenças significativas para eficiência produtiva ao parto (46,89 vs. 47,82 kg) e ao desmame (44,10 vs. 45,83 kg). O tamanho animal e o escore de condição corporal ao parto não influenciam a eficiência produtiva dos rebanhos ovinos sob pastejo. 

Palavras-chave


condição corporal; corriedale; desmame; frame; parto

Texto completo:

PDF HTML


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1089-6891v1%208e-41123

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Ciência Animal Brasileira
 
Universidade Federal de Goiás. Escola de Veterinária e Zootecnia
Campus II UFG, Cx. Postal 131
CEP 74001-970 - Goiânia - GO - Brasil
Tel: (+55 62) 3521-1568
Fax: (+55 62) 3521-1566
 
revistacab@gmail.com
www.revistas.ufg.br