Efeito da sexagem e linhagens sobre o desempenho e rendimento de carcaça de frangos de corte

Ivandro Api, Sabrina Endo Takahashi, Angélica Signor Mendes, Sandro José Paixão, Rosana Refati, Rasiel Restelatto

Resumo


Realizou-se este trabalho com o objetivo de avaliar o desempenho produtivo e o rendimento de carcaça de diferentes linhagens e sexagens de frangos de corte. Foram avaliadas 576 aves das linhagens Cobb, Ross e Hubbard, dispostas nas sexagem macho, fêmea ou misto, abatidas aos 45 dias de idade. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado (DIC), num bifatorial 3 x 3 (linhagens x sexagem), com quatro repetições e 16 aves em cada tratamento. O peso vivo, ganho de peso, consumo de ração e conversão alimentar apresentaram diferenças significativas no decorrer das fases avaliadas, porém, mostraram-se semelhantes ao final do período avaliado. O desempenho dos machos apresentou superioridade em comparação com as fêmeas e os mistos. No rendimento de carcaça, não foi possível observar diferenças significativas entre as linhagens e sexagens das aves; no entanto, em alguns cortes nobres a linhagens Cobb apresentou melhores resultados.


Palavras-chave


avicultura; genética; mercado consumidor; tecnologia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1089-6891v18e-32691

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Ciência Animal Brasileira
 
Universidade Federal de Goiás. Escola de Veterinária e Zootecnia
Campus II UFG, Cx. Postal 131
CEP 74001-970 - Goiânia - GO - Brasil
Tel: (+55 62) 3521-1568
Fax: (+55 62) 3521-1566
 
revistacab@gmail.com
www.revistas.ufg.br