Eficácia de drogas contra Giardia muris em camundongos Swiss naturalmente infectados

Mariana Felgueira Pavanelli, Tatiane Izaura Garcia, Cristiane Maria Colli

Resumo


A utilização de animais de laboratório é extremamente relevante para o desenvolvimento de pesquisas científicas em áreas como ciências biológicas e da saúde. Para que os resultados experimentais sejam confiáveis é necessário que o animal esteja em homeostase fisiológica, livre de infecções microbianas. Giardia muris é um protozoário frequentemente presente em roedores provenientes de biotérios. O objetivo do presente trabalho foi avaliar e comparar a taxa de eficácia dos fármacos antiparasitários contra Giardia muris. Foram utilizados camundongos Swiss com giardíase murina, detectada por meio da técnica de centrífugo-flutuação. Estes animais foram tratados com 4 mg/ml de albendazol, metronidazol, secnidazol, febendazol e nitazoxanida, por cinco dias consecutivos. Os fármacos albendazol, febendazol e nitazoxanida apresentaram 100% de eficiência. A eficácia da terapia com metronidazol e secnidazol foi insatisfatória, 82,9% e 38% respectivamente. Albendazol, febendazol e nitazoxanida são eficientes na erradicação de Giardia muris, entretanto são necessários novos estudos para estabelecer dosagens seguras e eficazes a fim de auxiliar na padronização de protocolos terapêuticos para a giardíase murina.

Palavras-chave


antiparasitários; animais de laboratório; albendazol

Texto completo:

PDF HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Campo Digital
 
Faculdade Integrado de Campo Mourão
Rodovia BR-158 Km 207
CEP 87300-970 - Campo Mourão - PR
Tel (+55 44) 3518-2500

daniele.chefer@grupointegrado.br