Comparação de métodos para avaliação de resistência microbiana em Lactobacillus isolados de embutidos fermentados

Hanna Lethycia Wolupeck, Crisley Aparecida Morete, Osmar Roberto DallaSanta, Fernando Bittencourt Luciano, Humberto Maciel França Madeira, Renata Ernlund Freitas de Macedo

Resumo


O presente estudo teve como objetivo avaliar a resistência a antibióticos, de 54 cepas nativas de Lactobacillus plantarum isoladas de salames artesanais. A confirmação genotípica da espécie foi realizada por ensaio de PCR multiplex. A resistência aos antibióticos foi avaliada pelos métodos de disco difusão e concentração inibitória mínima. Das 54 cepas, 44 foram confirmadas genotipicamente como L. plantarum e 3 como Lactobacillus pentosus. As maiores frequências de resistência foram para ampicilina e estreptomicina, e as maiores frequências de sensibilidade para tetraciclina, cloranfenicol e penicilina G. Nenhuma das cepas apresentou multirresistência. As frequências de resistência para ampicilina, cloranfenicol, eritromicina e penicilina G foram semelhantes pelos métodos testados (P>0,05). Pesquisas futuras devem ser realizadas para avaliar os mecanismos genéticos envolvidos na resistência fenotípica das cepas de Lactobacillus, no intuito de selecionar as potenciais cepas probióticas para aplicação em produtos cárneos funcionais.

Palavras-chave


multiplex PCR; probióticos; produto cárneo; susceptibilidade

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0103-8478cr20160966

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Ciência Rural
 
Universidade Federal de Santa Maria - Centro de Ciências Rurais
Prédio 42, Sala 3104 
CEP: 97105-900 - Santa Maria - RS
Tel: (+55 55) 32208698
Fax: (+55 55) 32208695
 
cienciarural@mail.ufsm.br
http://coral.ufsm.br/ccrrevista/index.htm