MicroRNAs: uma nova abordagem para a predição da fertilidade em touros

Maíra Bianchi Rodrigues Alves, Rubens Paes de Arruda, Juliano Coelho da Silveira, Felipe Perecin, Eneiva Carla Carvalho Celeghini

Resumo


Atualmente, a predição da fertilidade masculina é realizada avaliando diversos aspectos morfofuncionais (MFF) espermáticos. Em geral, estas características MFF possuem alta correlação com a fertilidade. No entanto, existem ejaculados que embora possuam características MFF consideradas adequadas apresentam fertilidade insatisfatória. Assim, há demanda pela busca de novos marcadores que consigam predizer a fertilidade dessas amostras seminais. Dentre estes, estão os microRNAs (miRNAs), reguladores póstranscricionais, que desempenham funções importantes na espermatogênese, na maturação espermática e no desenvolvimento embrionário. Estudos com humanos e bovinos têm mostrado que essas moléculas possuem relação com a fertilidade. Além disso, já foi descrito também que os miRNAs são altamente regulados no sistema reprodutivo masculino, e principalmente, ao longo da cabeça, corpo e cauda do epidídimo. Atualmente existem mais de 790 sequências maduras de miRNAs conhecidas em bovinos e o estabelecimento destes como marcadores se torna cada vez mais real. Entretanto, o grande desafio destes estudos está em mostrar como estes miRNAs efetivamente regulam a fertilidade e qual o papel deles nas funções espermáticas e no desenvolvimento embrionário. Dessa forma, o objetivo desta revisão é compilar os dados existentes na literatura sobre os miRNAs e a fertilidade masculina.

Palavras-chave


espermatozoides; miRNAs; RNAs; bovinos; fertilidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Revista Brasileira de Reprodução Animal
 
Colégio Brasileiro de Reprodução Animal
Av. Cel. José Dias Bicalho 1224 - Lj. 4
CEP: 31275-050 - Belo Horizonte, MG
Fone: (+55 31)491-7122
 
cbra@cbra.org.br
http://www.cbra.org.br/portal/index.htm