Termografia por infravermelho na reprodução de bubalinos

Marcelo George Mungai Chacur

Resumo


A espécie bubalina está concentrada na área intertropical do globo terrestre, gerando lucro com alta taxa de crescimento. Os fatores climáticos causam estresse térmico nos búfalos com influência na atividade de reprodução de fêmeas e machos. A reprodução de precisão agrega procedimentos com uso de imagem como a termografia digital de infravermelho que auxilia no monitoramento do estresse térmico em búfalos. Nas fêmeas em lactação a saúde da glândula mamária pode ser avaliada com a temperatura de tetos e cisternas da glândula; em machos o termograma do escroto auxilia na triagem de reprodutores como exame complementar à avaliação andrológica. Vale destacar que os exames de imagem como a termografia devem ser complementares ao exame clínico para a correta interpretação e uso contributivo. A exemplo da termografia, exames de imagem não invasivos, com acurácia, sem efeitos adversos ao animal; e de prática e rápida realização são estudados e serão cada vez mais desenvolvidos e aplicados nos diferentes tipos de manejo em animais para monitorar a saúde, o bem-estar e a atividade de reprodução.

Palavras-chave


búfalo; diagnóstico por imagem; estresse calórico; termograma

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Revista Brasileira de Reprodução Animal
 
Colégio Brasileiro de Reprodução Animal
Av. Cel. José Dias Bicalho 1224 - Lj. 4
CEP: 31275-050 - Belo Horizonte, MG
Fone: (+55 31)491-7122
 
cbra@cbra.org.br
http://www.cbra.org.br/portal/index.htm