Crescimento inicial e composição bromatológica de plantas de pornuncia adubadas com fósforo e inoculadas com fungos micorrízicos arbusculares

Jorge Messias Leal do Nascimento, Karen Mirella Souza Menezes, Mário Adriano Ávila Queiroz, Adriana Mayumi Yano de Melo

Resumo


Objetivou-se avaliar a influência da adubação fosfatada e inoculação micorrízica sobre o crescimento inicial, composição bromatológica e simbiose micorrízica em plantas de Pornuncia (Manihot sp. - Euphorbiaceae). Realizou-se experimento em delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial com três doses de superfosfato simples (P1 - 5,14mg/dm3 , P2 - 49,3mg/dm3 e P3 - 98,6mg/dm3 ) e três tratamentos de inoculação (não inoculado - NI, inoculado com Claroideoglomus etunicatum – CE ou GA – Gigaspora albida), em três repetições, durante 90 dias. Verificou-se que a inoculação com CE promoveu aumento na área foliar e teor de proteína bruta em plantas de Pornuncia, enquanto que o isolado GA proporcionou maior colonização radicular e número de glomerosporos. Por outro lado, a adição de adubação fosfatada reduziu a colonização micorrízica em plantas de Pornuncia. Embora a adubação fosfatada não influencie o crescimento de plantas de Pornuncia, a dose P2 aumentou 15,0 % o teor de fibra em detergente neutro. A inoculação com o isolado Claroideoglomus etunicatum em plantas de Pornuncia proporciona aumento na expansão da área foliar e no teor de proteína bruta na parte aérea, podendo contribuir para o desenvolvimento e melhoria na composição bromatológica desta planta forrageira.

Palavras-chave


fdn; glomeromycota; forragem; manihot; semiárido

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal - RBSPA
 
Universidade Federal da Bahia
Av. Ademar de Barros, 500 - Ondina
CEP: 40170-110 - Salvador - BA
Tel/Fax: (+55 71) 3283-6725
 
rbspa@ufba.br
revistas.ufba.br/rbspa