Relato de caso de parasitismo por Monogênea no peixe ornamental Polypterus palmas no Brasil

Pedro Henrique Magalhães Cardoso, Arthur Roberto da Costa, Simone de Carvalho Balian, Mariana Pestelli

Resumo


O mercado de peixes ornamentais agrega espécies numerosas de diversos lugares do mundo. A translocação de peixes ornamentais pode trazer consigo agentes patogênicos que representam risco para regiões indenes. O parasita Gyrodactylus, platelminto da classe Monogênea, apresenta como característica a rápida multiplicação. Espécies de Polypterus palmas adquiridos de uma quarentena credenciada para importação e mantidos em uma bateria de aquários em estabelecimento comercial varejista do Brasil apresentaram sinais de perda de muco e parasitas espalhados pelo corpo e globo ocular, perceptíveis a olho nu. Os animais foram removidos para aquários-hospital e tratados com Praziquantel, e os parasitas foram observados em microscópio ótico comum. Após análise microscópica, verificou-se tratar de Monogênea, sugestivo de Gyrodactylus spp. A bateria de aquários foi imediatamente tratada com Triclorfon em uma única dose como medida preventiva, o que se mostrou tóxico para algumas espécies de peixes. Estudos envolvendo condições sanitárias dos peixes ornamentais comercializados no Brasil devem ser desenvolvidos para elucidar a dinâmica de algumas doenças em diferentes espécies. A geração de novos estudos e a atuação de profissionais capacitados implantando sistemas de autocontrole sanitário é fundamental para a redução do risco da disseminação de agentes e para contribuir de forma significativa para a promoção da saúde e do bem-estar de peixes ornamentais.


Palavras-chave


peixes ornamentais; gyrodactylus; médico-veterinário

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





A revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP
 
Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo
Rua Apeninos, 1088 - Paraíso
CEP 04104-021 - São Paulo - SP
Tel: (+55 11) 5908-4799
Fax: (+55 11) 5084-4907
 
comunicacao@crmvsp.gov.br
www.crmvsp.gov.br