Saúde pública e guarda responsável de animais domésticos nas escolas do município de Santa Maria, estado do Rio Grande do Sul, Brasil: projeto amigo animal

L. G. Felipetto, L. A. Sangioni, A. Krause, J. C. M. Souza, J. C. Chagas

Resumo


A Guarda Responsável de animais domésticos demanda repensar as concepções e relações estabelecidas entre seres humanos e animais, fomentando o cuidado, respeito e responsabilidade em um movimento destinado a educação pela vida. Nesse sentido, o projeto de extensão Amigo Animal almeja promover noções de saúde pública relacionadas à guarda responsável de animais domésticos, voltado para a aprendizagem e consolidação de conceitos e comportamentos promotores de saúde, segurança e dignidade na relação homem-animal. O projeto foi delineado para viabilizar o contato de crianças e adolescentes das comunidades do município de Santa Maria, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, com acadêmicos do curso de Medicina Veterinária, professores e técnicos administrativos do Centro de Ciências Rurais da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), privilegiando a educação como veículo de informação e reflexão, assim como a responsabilidade social da universidade. A metodologia é participativa, consistindo em visitas às escolas municipais de Santa Maria, com utilização de recursos diversificados, conforme o público-alvo atendido, incluindo a exposição das noções de guarda-responsável com o emprego de recursos diversos: imagens, vídeos, teatros, jogos educativos confeccionados com a proposta do projeto e visita de animais devidamente cuidados e treinados. Durante o ano de 2015 foram atendidas três escolas, contemplando duas turmas de educação infantil, duas turmas de ensino fundamental e seis turmas de ensino médio, representando um total de 250 alunos atendidos. Para os alunos de educação infantil e ensino fundamental foram desenvolvidas atividades lúdicas, como jogos e teatros, com exposição das noções de guarda responsável, discussão de bem-estar e comportamento animal, zoonoses e segurança no convívio. Para os alunos de ensino médio foram ministradas apresentações de imagens com os mesmos temas e exposição dialogada com as turmas, propondo-se aos professores e estudantes a execução de atividades para a disciplina obrigatória de seminário como: a) criação de material educativo para divulgação nas comunidades; b) levantamento do número de animais de rua nas comunidades e possíveis soluções; c) elaboração de um esboço de projeto de Lei de Proteção Animal específica para Santa Maria. As atividades propostas para a disciplina de seminário foram incluídas no cronograma e estão em desenvolvimento nas escolas atendidas e ainda não foram obtidos os resultados finais. Devido a isso, ainda serão realizadas visitas ocasionais às escolas para acompanhar o impacto e as consequências das atividades realizadas. Do exposto fica ressaltada a importância da realização de ações destinadas a informar e complementar o conhecimento dos escolares e de suas famílias sobre a guarda responsável e o compromisso que devem ter com seus animais, ressaltando o papel da atenção médico-veterinária, do controle de zoonoses e da prevenção e manutenção de condições ideais para a saúde pública. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





A revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP
 
Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo
Rua Apeninos, 1088 - Paraíso
CEP 04104-021 - São Paulo - SP
Tel: (+55 11) 5908-4799
Fax: (+55 11) 5084-4907
 
comunicacao@crmvsp.gov.br
www.crmvsp.gov.br