Transfusão sanguínea emergencial e, jabuti-piranga (Chelonoidis carbonaria): relato de caso

André Nicolai E. Silva, Maria Carolina A. M. Rocha, Rafael Boralli R. Leite

Resumo


A transfusão de sangue ainda se apresenta como um recurso pouco explorado na clínica de animais silvestres e exóticos. Entre os grupos de animais silvestres rotineiramente atendidos na clínica, os répteis apresentam o menor volume de referências disponíveis sobre o assunto. Este trabalho relata um caso no qual a transfusão de sangue foi efetuada com sucesso em um exemplar de jabuti-piranga (Chelonoidis carbonaria) adulto. A decisão da realização da transfusão sanguínea baseou-se nos achados de exames físicos e laboratoriais, traduzidos por intensa dispneia e valores de eritrograma significativamente abaixo dos limites de referência para a espécie. Para realização do procedimento, foi selecionado como doador um exemplar da mesma espécie, adulto e saudável. A transfusão foi realizada de forma direta, o volume total de 30ml de sangue (1% do peso corpóreo) foi coletado do doador e sequencialmente infundido no receptor. A reavaliação laboratorial do paciente, 24 horas após a transfusão, mostrou aumento do número total de eritrócitos, da concentração de hemoglobina e do hematócrito. A conclusão obtida foi que a transfusão foi um recurso adequado no manejo do paciente réptil em condições críticas.

Palavras-chave


transfusão sanguínea; emergência; jabuti; répteis

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





A revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP
 
Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo
Rua Apeninos, 1088 - Paraíso
CEP 04104-021 - São Paulo - SP
Tel: (+55 11) 5908-4799
Fax: (+55 11) 5084-4907
 
comunicacao@crmvsp.gov.br
www.crmvsp.gov.br