Atividade de residentes dentro da coordenação de controle de zoonoses do município de Curitiba, estado do Paraná, Brasil

A. B. B. C. Favaro, D. M. Santos, C. Constantino, V. M. Morikawa, M. C. M. Garcia

Resumo


Procurando vivenciar a problemática existente na interface entre saúde humana, animal e ambiental, foi criado um termo de cooperação entre a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Curitiba/PR e a Universidade Federal do Paraná (UFPR), campus Curitiba. Dentre as áreas de atuação do médico-veterinário na SMS encontra-se a Coordenação de Controle de Zoonoses e Vetores (CCZV) que tem o objetivo de monitorar e controlar espécies animais urbanas, visando à profilaxia das zoonoses e doenças transmitidas por vetores, além de atividades de vigilância e controle ambiental. Dessa forma, as atividades acompanhadas pelos residentes de Medicina Veterinária foram: ações de educação em saúde para a população sobre diagnóstico e prevenção da esporotricose em clínicas veterinárias; busca ativa de casos de esporotricose em gatos, com cadastramento das residências com gatos, encaminhamento para castração, recolhimento e tratamento dos felinos doentes e orientação ao munícipio sobre este agravo; acompanhamento do programa de vigilância da raiva com o recolhimento e envio de amostras para o Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen), assim como a vacinação de cães e gatos contactantes com morcegos; oficinas de capacitação dos agentes de combate a endemias como a leptospirose e investigação de casos humanos positivos para essa doença para determinar o local provável de infecção (LPI), bem como o fornecimento de orientações para intervenções no ambiente nestes casos; e videoconferência na Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) sobre o avanço da esporotricose e da febre amarela no estado. Além dos residentes em Medicina Veterinária do Coletivo, os médicos-veterinários residentes em Saúde da Família também acompanharam as atividades no CCVZ de modo a atuarem na interface entre atenção primária e vigilância em saúde. A atuação conjunta dos dois programas de residência foi muito enriquecedora, pois proporcionou a vivência da rotina de atuação de um profissional para promoção da Saúde Única. A parceria firmada entre a SMS e a UFPR possibilitou o aprimoramento da qualidade e produtividade das atividades realizadas, pois favoreceu a troca de informações entre o serviço público e a universidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





A revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP
 
Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo
Rua Apeninos, 1088 - Paraíso
CEP 04104-021 - São Paulo - SP
Tel: (+55 11) 5908-4799
Fax: (+55 11) 5084-4907
 
comunicacao@crmvsp.gov.br
www.crmvsp.gov.br