Colapso induzido por exercício: a prevenção vem da boa criação

J. N. Cardoso, J. M. S. Nunes, F. F. Stortti, M. S. Santos, F. M. Andrade

Resumo


Uma parcela do abandono de cães ocorre devido a problemas de saúde inesperados pelos tutores, que geram gastos não previstos e modificações da expectativa de um animal saudável. Na hora de escolher um animal para fazer parte da família, os cães da raça Labrador Retriever são muito requisitados nos dias de hoje devido ao seu temperamento dócil e disposição incansável. Entretanto, há algumas doenças que possuem maior prevalência nesta raça e que podem ser evitadas se esse animal vier de um cruzamento correto. Entre elas destaca-se o colapso induzido por exercício, também conhecido como EIC, causada por uma alteração genética de caráter recessivo. O cão que possui esta doença demonstra alta intolerância a exercícios físicos, podendo apresentar fraqueza muscular, dificuldade de movimentação e muitas vezes até chegar a óbito após um episódio de intensa atividade física. No entanto, a mutação pode passar despercebida em animais portadores assintomáticos e o cruzamento entre dois destes conceberá 25% dos filhotes doentes. Embora no Brasil ainda não tenha sido realizado nenhum estudo sobre o tema, investigações realizadas em outros países mostram que até 13,6% de labradores apresentam esta doença, enquanto que 37% são portadores assintomáticos. Visto que o nascimento de um animal com este problema só ocorre a partir do cruzamento de dois portadores assintomáticos, este trabalho tem o objetivo de incentivar o futuro tutor a buscar informações e melhor escolher o criador do qual adquirirá um animal. Sabendo o tutor que existe exame de DNA para a detecção desta mutação, ele poderá exigi-lo do criador antes de adquirir o filhote. Esperamos que esse tipo de conhecimento contribua para evitar um possível abandono do animal ao longo de sua vida. Este estudo e outros casos relacionados a outras raças fazem parte de um projeto de extensão que confeccionou um site didático (www.geneticacanina.com), o qual está sendo divulgado para a comunidade, de forma que essa orientação possa ser disseminada e chegue com clareza ao futuro tutor. Dados do Google Analytics demonstram que desde a sua publicação em dezembro de 2016 o site foi visitado por 317 usuários e que 20,7% dos visitantes retornaram a ele. Dentre os visitantes, 35% foram originados de outros estados do Brasil, demonstrando uma boa capacidade de difusão do conhecimento pelo país. Com este tipo de difusão de dados científicos para a sociedade, espera-se contribuir para a melhoria da qualidade da cinofilia nacional de uma maneira geral, e de maneira mais específica para a diminuição da prevalência do colapso induzido pelo exercício.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





A revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP
 
Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo
Rua Apeninos, 1088 - Paraíso
CEP 04104-021 - São Paulo - SP
Tel: (+55 11) 5908-4799
Fax: (+55 11) 5084-4907
 
comunicacao@crmvsp.gov.br
www.crmvsp.gov.br