Projeto de levantamento da incidência de agressões de animais em seres humanos no município de Caxias do Sul, estado do Rio Grande do Sul, Brasil no período de 2007 a 2016

R. Festugatto, R. Stein, L. Silva, V. B. Hainzenreder

Resumo


A Medicina Veterinária tem o objetivo de curar e prevenir doenças em animais, tendo em vista o bem-estar do homem e da sociedade. Nesse contexto, foi criado o conceito de Saúde Única que considera a união indissociável entre saúde animal, humana e ambiental. Em 2011, o médico-veterinário passou a compor os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), nos quais realiza visitas domiciliares para fazer diagnósticos de risco, educação em saúde e controle de zoonoses, que são as doenças ou infecções naturalmente transmitidas entre os animais vertebrados e os seres humanos. Este projeto investigará ocorrência de agressões de animais em seres humanos registrada no município de Caxias do Sul, estado do Rio Grande do Sul, Brasil, no período compreendido entre os anos de 2007 a 2016. O levantamento foi realizado com o acesso ao banco de dados dos atendimentos antirrábicos humanos, os quais forma realizados nas Unidades Básicas de Saúde, registrados nos arquivos do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan) e padronizados pela Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul. A coleta dos dados foi solicitada na Secretaria Municipal da Saúde de Caxias do Sul sob protocolo nº 458/17 e, atualmente, encontra-se em status aprovado e em aguardo de determinação da data da coleta, prevista para o intervalo compreendido entre 03/04/2017 a 07/04/2017. Os dados a serem coletados incluíram: identificação da Unidade Básica de Saúde, data do atendimento, idade da vítima, sexo, data de nascimento, raça/cor, escolaridade, bairro, zona, ocupação, tipo de exposição ao vírus rábico, localização da mordida, tipo de ferimento, data da exposição, antecedentes de tratamento antirrábico, espécie do animal agressora, condição do animal para fins de conduta do tratamento, animal passivo de observação (cão e gato), tratamento indicado e condição final do animal (após período de observação). Os dados obtidos foram analisados utilizando-se a linguagem estatística R, e os procedimentos apropriados utilizados de acordo com a distribuição dos dados e da normalidade da variância, bem como das hipóteses a serem testadas. Pretende-se também difundir os resultados obtidos em ações de sensibilização da sociedade, com a realização de mobilizações em escolas municipais e estaduais de Caxias do Sul, tratando dos riscos das agressões por animais e a possível transmissão de zoonoses.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





A revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP
 
Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo
Rua Apeninos, 1088 - Paraíso
CEP 04104-021 - São Paulo - SP
Tel: (+55 11) 5908-4799
Fax: (+55 11) 5084-4907
 
comunicacao@crmvsp.gov.br
www.crmvsp.gov.br