Atividade antimicrobiana de óleos essenciais e compostos isolados frente aos agentes patogênicos de origem clínica e alimentar

Caio Henrique da Silva Santos, Roberta Hilsdorf Piccoli, Victor Maximiliano Reis Tebaldi

Resumo


Os óleos essenciais de plantas demonstram atividade antimicrobiana frente a diversos micro-organismos, e são considerados como alternativa ao uso de antibióticos convencionais. Este estudo testou a eficácia de óleos essenciais de canela (Cinnamomum cassia), orégano (Origanum vulgare), cravo-da-índia (Syzygium aromaticum), citronela (Cymbopogon nardus), além dos compostos isolados citral contra Staphylococcus aureus ATCC 25923 e citral e carvacrol contra Pseudomonas aeruginosa. Empregou-se o método de microdiluição em Caldo Tripticaseina de Soja (TSB) em placa de 96 cavidades para determinar a Concentração Inibitória Mínima (CIM) e posterior semeadura em Ágar Tripticaseina de Soja (TSA) para definir a Concentração Bactericida Mínima (CBM). Os inóculos foram padronizados (107 UFC/mL) de acordo com a escala de MacFarland. Os óleos essenciais de canela, orégano e citronela mostraram atividade antimicrobiana contra os dois microrganismos em diferentes concentrações. O óleo essencial de cravo-da-índia não apresentou efeitos inibitórios nas concentrações testadas. O carvacrol inibiu P. aeruginosa a partir da concentração 1,25 %. O citral inibiu S. aureus a partir da concentração 0,03 %, porém não apresentou atividade contra P. aeruginosa. O óleo essencial de citronela e o composto citral foram mais eficazes contra S. aureus. Para P. aeruginosa, o óleo essencial de canela apresentou atividade antimicrobiana nas menores concentrações.

Palavras-chave


óleos essenciais; extratos de plantas; agentes antimicrobianos; resistência microbiana a medicamentos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Revista do Instituto Adolfo Lutz
 
Instituto Adolfo Lutz
Av. Dr. Arnaldo, 355 - Núcleo de Acervo/Biblioteca
Cerqueira Cesar - CEP: 01246-902 - São Paulo - SP
Fone: (+55 11) 3068-2869
 
rial@saude.sp.gov.br
www.ial.sp.gov.br