Ultra-sonografia no diagnóstico das doenças renais em pequenos animais

Vicente Colombi da Silva, Maria Jaqueline Mamprim, Luiz Carlos Vulcano

Resumo


Cães e gatos são freqüentemente acometidos por doenças renais, podendo apresentar anorexia, perda de peso, letargia, edema, ascite, poliúria-polidipsia, náusea e vômito. A ultra-sonografia é um dos primeiros exames auxiliares executados para analisar os rins, devido às informações que fornece a respeito da topografia, dimensões, contornos e arquitetura interna. Os principais indicativos de doenças renais observados ao exame ultra-sonográfico são aumento ou diminuição da ecogenicidade da córtex renal, perda de definição córticomedular, contornos irregulares, dimensões alteradas, presença de sinal de margem e/ou banda. A citologia aspirativa por agulha fina e a biópsia dos rins guiada por ultra-som eventualmente podem ser requeridas para determinar a causa da doença renal e orientar o clínico no estabelecimento da seleção do protocolo terapêutico a ser instituído nos animais enfermos. Aparelhos modernos de ultra-som possuem o recurso do Dúplex Doppler que permite avaliar o fluxo e a velocidade sangüínea, fornecendo informações principalmente sobre a resistividade vascular renal, sendo esta de grande auxílio no diagnóstico ultra-sonográfico e propiciando o acompanhamento da resposta dos animais frente ao tratamento estabelecido.

 


Palavras-chave


dúplex doppler; pequenos animais; rim; ultra-sonografia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Veterinária e Zootecnia
 
Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - Campus Botucatu
Distrito de Ruibião Júnior, s/n
CEP 186818-970 - Botucatu - SP
Tel (+55 14) 3880-2094
Fax (+55 14) 3880-2042
 
vetzootecnia@fmvz.unesp.br