Monitoramento da qualidade do leite: procedimentos diagnósticos

Marcela Pinho Manzi, Helio Langoni

Resumo


Entende-se por leite, sem outra especificação, o produto oriundo da ordenha completa e ininterrupta, em condições de higiene, de vacas sadias, bem alimentadas e descansadas. O leite de outros animais deve denominar-se segundo a espécie de origem. Uma das principais características que define a aceitação do leite é o conjunto de suas características sensoriais, sendo as principais o sabor e aroma. O controle da qualidade do leite no Brasil tem sido fator importante para a consolidação de toda cadeia produtiva, passando, necessariamente, pelas indústrias de laticínios. A produção de leite de boa qualidade garante, certamente, a segurança alimentar dos consumidores. As medidas para a obtenção de leite de qualidade se iniciam na propriedade, na realização de procedimentos corretos, na ordenha, no armazenamento e também no transporte do produto ao laticínio. Posteriormente, na avaliação laboratorial das propriedades físico químicas, investigação de fraudes, e realização de exames microbiológicos. Por fim, medidas de educação sanitária são necessárias para que os produtores se conscientizem dos benefícios econômicos com a obtenção de leite de melhor qualidade. O objetivo desta revisão é ressaltar a importância da utilização de procedimentos diagnósticos, para o controle de mastites e a consequente obtenção de leite de melhor qualidade.


Palavras-chave


leite; bovino; qualidade; métodos de diagnóstico

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Veterinária e Zootecnia
 
Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - Campus Botucatu
Distrito de Ruibião Júnior, s/n
CEP 186818-970 - Botucatu - SP
Tel (+55 14) 3880-2094
Fax (+55 14) 3880-2042
 
vetzootecnia@fmvz.unesp.br