Minilaparoscopia – outra abordagem para a laparoscopia em pequenos animais: revisão de literatura

Thaíse Lawall, Carlos Afonso de Castro Beck, Monalyza Cadori Gonçalves, Bruna Santos dos Santos, Renata Ferreira da Cunha, Bruno Campos

Resumo


Laparoscopia é uma cirurgia minimamente invasiva realizada através de pequenas incisões mantidas abertas através de portais denominados trocartes, por onde instrumentais penetram o abdômen e alcançam o foco cirúrgico. Diferentes abordagens cirúrgicas pela técnica aberta em pequenos animais já foram descritas e tiverem viabilidade comprovada. No segmento da cirurgia de invasão mínima, alguns métodos laparoscópicos vêm sendo propostos variando entre si em relação ao posicionamento, quantidade e tamanho dos trocartes, além dos métodos de hemostasia empregados. A minilaparoscopia é o acesso laparoscópico abdominal através da utilização deum portal de 5 ou 10 milímetros (mm), o qual deve ser de posição umbilical, enquanto os demais obrigatoriamente devem apresentar 3mm ou menos. Não é uma modalidade recente na cirurgia humana, é considerada a evolução mais sofisticada da cirurgia laparoscópica, apresenta muitos outros benefícios além do apelo estético; visto que a lesão relacionada ao dano cirúrgico não se resume as somas das incisões realizadas. A técnica minilaparoscópica (MINI) é promissora e reina pela delicadeza e precisão dos movimentos, sem perda da triangulação, essencial ao padrão laparoscópico. Assim, o presente trabalho teve por objetivo trazer uma revisão bibliográfica sobre cirurgia MINI.


Palavras-chave


videocirurgia; pequenas incisões; cão; gato

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Veterinária em Foco
 
Universidade Luterana do Brasil
Av. Farroupilha, 8001 - Prédio 14, sala 126
CEP: 92425-900 - Canoas, RS
Fone: (+55 34) 3218-2521
 
veterinariaemfoco@outlook.com
http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/veterinaria